Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. Hoje é

Os acidentes ocorreram no início da noite de quinta-feira (27)

UM DOS ACIDENTES ENVOLVENDO TRÊS VEÍCULOS DEIXOU UMA DAS PISTA INTERDITADA

A Polícia Rodoviária registrou na noite de quinta-feira (27) dois graves acidentes na BR- 367, entre Araçuaí e Virgem da Lapa, no Vale do Jequitinhonha, deixando um morto e seis feridos.

Por volta das 18 horas, o contador Eliseu Santos, 50 anos, natural de Araçuaí, pilotava  sua moto em direção à cidade de Virgem da Lapa , onde trabalha,  quando  em uma curva, a pouco mais de 2 km de Araçuaí , ele bateu na traseira de um caminhão Mercedes Benz L-513 que estava parado na pista com problemas mecânicos.

O contador sofreu traumatismo craniano e foi transferido para um hospital de Teófilo Otoni no inicio da madrugada de sexta-feira (28).

A polícia acredita que o contador teve a visão dificultada pelo sol e não conseguiu  se desviar do caminhão conduzido por Clóvis Gisley Sousa Oliveira, que nada sofreu.

O acidente ocorreu em um trecho após a ponte sobre o rio Araçuaí. O estado de saúde do contador inspira cuidados.

Morte instantânea

Uma hora depois, outro grave acidente, na mesma rodovia  e a pouco mais de 30 km de Araçuaí, deixou um saldo trágico.

Elvânio Jardim Cruz, 31 anos, conduzia seu carro, um Fiesta 2003. Ao fazer  uma ultrapassagem perigosa,  bateu de frente com um Polo 4 portas 2011, pilotado por Everaldo Moreira Sá, 50 anos, professor de uma escola em Virgem da Lapa.

Elvânio morreu no local e Everaldo Moreira  sofreu traumatismo da bacia e  fratura em um dos braços. Ele será  transferido do hospital de Araçuaí para Belo Horizonte, nesta sexta-feira (28).

De acordo com uma testemunha, Elvânio,  que seguia de Virgem da Lapa para  Araçuaí, foi ultrapassar um caminhão.  "Eu sinalizei para ele não fazer a ultrapassagem", disse Antonio Vicente de Sousa,56 anos, natural de Capitão Enéas (MG)  motorista do caminhão que transportava vasilhames de cerveja.

Ao se deparar com o Polo, que seguia em direção contrária,  Elvânio tentou voltar mas,  não conseguiu evitar a colisão.

Na batida seu carro capotou.  O choque foi tão violento que o  motor do veículo foi arremessado para fora e ficou a mais de 30 metros do local do acidente. "Desviramos o carro para salvar as três  crianças e a mulher que estavam presas às ferragens", disse Orestes Rodrigues, 44 anos,  passageiro do caminhão e um dos primeiros a socorrer as vítimas.

O veículo Polo ficou com uma das laterais e a parte frontal destruídos.

No carro de Elvânio , que ficou completamente destruído, viajavam sua namorada, Fabiana Rodrigues de Sousa, 24 anos,  natural de Franca (SP) e  três crianças de 6, 7 e 9 anos. Fabiana sofreu escoriações e seu filho Angelo, de 7 anos, fraturou um dos braços e não corre risco de vida.

O filho de Elvânio, Henrique, de 9 anos  sofreu traumatismo craniano. O outro garoto,  Gustavo de 6,  sobrinho de Elvânio,  também sofreu  traumatismo craniano e  passou por uma delicada cirurgia no hospital de Araçuaí. Os dois serão removidos para outro hospital de Diamantina ou Teófilo Otoni ainda hoje, sexta-feira (28).

Após o acidente, uma das pistas da rodovia foi interditada. A perícia da Polícia Civil chegou ao local por volta das 23:30hs para liberar o corpo de Evânio que deverá ser sepultado no final da tarde desta sexta-feira.

Sepultamento

Elvânio Jardim, natural de Virgem da Lapa , morava há 13 anos em Franca, interior de São Paulo, onde trabalhava em uma indústria de calçados. Estava há uma semana na região. "Viemos juntos para passar o Natal com nossos pais que residem  na Comunidade Rural do Tum-Tum, aqui em Virgem da Lapa. Passamos por trechos perigosos e foi exatamente aqui que aconteceu esta tragédia", dizia inconsolável Nelson Jardim, irmão de Elvânio. O sepultamento será no cemitério local do Tum-Tum.

Três acidentes em menos de 24 horas

Este foi o terceiro acidente na BR-367 no trecho entre Araçuaí –Virgem da Lapa em pouco mais de 24 horas.

Na manhã de  quarta-feira (26) um Palio Economy 2011, tombou na altura do Km 275, a 5 km de Araçuaí. Duas mulheres de Itaobim, que estavam no veículo , sofreram várias fraturas e traumatismo craniano.

Elas são funcionárias da prefeitura de Francisco Badaró e seguiam para aquela cidade quando aconteceu o acidente.

Uma delas foi transferida para Teófilo Otoni e outra para Diamantina.

O carro era conduzido pela enfermeira Cátia Cilene Moreira, 44 anos. A Polícia acredita que ela perdeu o controle da direção em um declive da rodovia.

Curta nossa fã-page

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário