Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. Hoje é
Compartilhe essa matéria

Estuprador foi preso na comunidade de Lagoa Grande

ALBERTO LOPES, DE CAMISA BRANCA E AZUL, FOI PRESO PELOS INSPETORES VIEIRA, FARLEY E MONTEIRO

O estuprador de uma criança de 8 anos foi preso pela Polícia Civil de Capelinha, neste sábado (09), por volta das 21 horas, na estrada de terra entre Minas Novas e Capelinha, nas imediações de Lagoa Grande. Ele está preso na cadeia de Capelinha, em Cela de Seguro, à disposição da Justiça.

O nome dele é Alberto Lopes Alecrim, de 25 anos, lavrador, morador da Fazenda Tecade, em Minas Novas, no Alto Jequitinhonha, nordeste de Minas. Ele estava foragido desde (01), quando praticou o ato de estupro contra a menina G., de 8 anos, sobrinha de sua mulher.

O pai e o sogro, junto com outros moradores, logo que ficaram sabendo do crime cometido, perseguiram Alberto que fugiu em uma moto. Ao perceber que poderia ser alcançado e ser linchado pelos parentes e amigos da vítima, ele deixou a moto na estrada e entrou em uma plantação de eucalipto.  Depois, refugiou-se em uma mata fechada, comendo frutas silvestres, com medo de contato com alguma pessoa das comunidades vizinhas.

O pai da menina e seu avô foram até a casa e recolheram todos os documentos de Alberto: Carteira Profissional, de Identidade e CPF para impedir sua fuga.

Nesta mesma noite, o pai acompanhado do Investigador Vieira, de Capelinha,  fizeram campana na região para evitar a fuga do estuprador e efetuar sua prisão.

Segundo o Investigador Vieira, durante uma semana, a Polícia Civil de Capelinha executou ações de inteligência, cercando todas as possíveis alternativas de fuga de Alberto, o estuprador, que ficou conhecido como o Monstro, até mesmo pelos seus familiares.

Uma equipe de policiais sob supervisão geral do Delegado Regional, Rômulo Quintino da Silva, e coordenação da Delegada Evânia Cristina, trabalhou com afinco neste caso. A equipe estava formada pelos Investigadores Vieira, Farley e Monteiro. Também os policiais Hiler Filho, Pabliene Gomes e Marco Túlio Ávila participaram da operação.

Na noite deste sábado, por volta das 21 horas, o estuprador Alberto Lopes Alecrim se preparava para "vazar" do território. Estava na estrada de terra que liga à cidade de Capelinha. Ele estava com uma mochila às costas. Os policiais já sabiam do plano de fuga do estuprador. Ele foi preso pelos Inspetores Vieira, Farley e Monteiro.

Segundo o Investigador Vieira, ele recebeu a voz de prisão, não oferecendo resistência. Permaneceu frio e calado. Foi preso e conduzido à Cadeia Pública de Capelinha, ficando à disposição da Justiça.

A família da menina G. está um pouco aliviada com a prisão do estuprador. Os familiares agradecem a todos os policiais da operação. Eles destacam a atuação do Investigador Vieira, pelo apoio emocional aos familiares, pela dedicação nas ações de investigação e disponibilidade para o trabalho realizado.

Mais um caso de abuso sexual

O Investigador Vieira informa que mais um caso de prisão foi efetuado na semana, que também caracteriza abuso sexual.

José Maria Ferreira da Silva, vulgo Zé Taioba, morador da cidade vizinha de Angelândia, foi preso na terça-feira (05), após ser acusado de abuso sexual com suas duas filhas, uma de 4 e outra de 14 anos. 

FONTE: BLOG DO BANU

Publicidade

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade única dos autores